menu

Bahia

12/06/2015


Mulher queima colega de trabalho com ácido após briga ‘boba’, diz delegada

Uma briga de trabalho levou uma ajudante de limpeza a derramar um pote de Vulcão Negro (mistura de ácidos usada para desentupir pia e vaso) na colega.
Camareira de um hotel na Praia do Forte, no Litoral Norte da Bahia, Vera Lúcia da Paixão, 38, estava no ônibus fornecido pelo empreendimento turístico, aguardando o retorno para casa nesta quinta, 11, quando foi surpreendida pelo ataque de Adriana Gonçalves da Mota, 33 anos.


De acordo com titular da 26ª Delegacia de Abrantes, Maria Daniele Monteiro, as duas "tiveram uma briga boba há 15 dias e acabaram nas vias de fato (agressão física)". Agora, Adriana resolveu se vingar. Além de Vera Lúcia, os ácidos atingiram outras quatro pessoas que estavam sentadas ao lado da vítima.


Vera Lúcia teve 35% do corpo queimado, principalmente a parte da frente, incluindo o rosto. De acordo com a delegada, ela foi encaminhada para o Hospital Geral do Estado (HGE) e está em estado grave.


Os outros feridos – Manuel César Laranjeira, Rosa Maria Rodrigues, Antônio Ferreira e Jocélia Santos – também estão internados. Alguns deles tiveram o rosto queimado.


Adriana foi presa em flagrante e vai responder por tentativa de homicídio e lesão corporal. A delegada disse que o caso pode se agravar, a depender da proporção dos ferimentos causados nas demais vítimas, além de Vera Lúcia.

A Tarde

Notícias relacionadas