menu

Brasil

07/09/2015


Na Internet, Dilma pede união e superação de diferenças

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira(7), em mensagem gravada para as redes sociais para o Dia da Independência, que, mesmo vivendo momento de dificuldades, o Brasil está “de braços abertos” para receber refugiados. A presidenta mencionou o garoto sírio Aylan Kurdi, 3 anos, que se afogou após tentar fazer a travessia por mar para a Turquia com a família. Segundo Dilma, a imagem do menino morto em uma praia “comoveu a todos e deixou um desafio para o mundo”.

 

“Mesmo em momentos de dificuldade, de crise como estamos passando, teremos nossos braços abertos para acolher os refugiados. Aproveito para reiterar a disposição do governo para receber os que, expulsos de suas pátrias, para aqui queiram vir viver, trabalhar e contribuir para a prosperidade e a paz do Brasil”, declarou. Dilma disse ainda que o Brasil foi formado por povos de diversas origens.

Notícias relacionadas