menu

09/06/2019


Na Paraíba, João Azevêdo lança Operação São João, entrega viaturas e promove militares

Ainda repercute a decisão do governador João Azevêdo lançar no Sesc Campina Grande, o planejamento operacional do São João 2019. Na ocasião, ele anunciou as promoções de mais de 600 policiais militares e de bombeiros militares e entregou 13 novas viaturas e 18 motos para a Polícia Militar – um investimento superior a R$ 1,2 milhão -, duas viaturas de combate a incêndio para o Corpo de Bombeiros, novos veículos para a Polícia Civil, sendo 32 substituídos em todo o Estado, e armamentos para a Secretaria da Administração Penitenciária.

A solenidade foi prestigiada pela vice-governadora Lígia Feliciano, pelo senador Veneziano Vital do Rêgo, por deputados estaduais, vereadores e auxiliares do Governo da Paraíba.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual destacou que o Governo tem promovido grandes investimentos e valorizado os homens e mulheres que integram as forças de Segurança. “Todas essas ações têm feito a diferença na Paraíba e um grande aparato de segurança estará voltado para todas as cidades que realizam festas juninas”, assegurou.

Ele também evidenciou que o São João de Campina Grande contará com o auxílio do sistema de monitoramento e do helicóptero Acauã 2. “Além disso e da presença da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, nós reforçamos o Hospital de Trauma e destinamos R$ 2 milhões para os comerciantes do Parque do Povo, por meio do programa Empreender; é assim que demonstramos o respeito pelo povo paraibano e por Campina Grande”, completou.

O secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Francisco Nunes, ressaltou que o planejamento operacional apresentado nesta sexta-feira tem o objetivo de garantir a tranquilidade da população da Paraíba e dos turistas. “Fazer o lançamento da Operação São João em Campina Grande tem um simbolismo por conta da grandiosidade do evento realizado na cidade e nós chegamos com toda nossa força para usar a tecnologia a favor da segurança com o teste do sistema de monitoramento”, frisou.

O secretário da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, afirmou que os fuzis e pistolas entregues serão destinados ao Complexo Prisional de Campina Grande. “Nós também integramos essa Operação voltada para os festejos juninos da Paraíba e iremos trabalhar em conjunto com os outros órgãos para reforçar os presídios com os nossos agentes”, pontuou.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, enalteceu o compromisso do Governo do Estado de investir nas pessoas que integram as forças de Segurança ao assegurar as promoções dos militares. “Essa é uma ação fundamental para o trabalho do policial que precisa estar motivado para exercer um serviço adequado. Eu agradeço a sensibilidade do governador João Azevêdo de viabilizar essas ascensões e iremos cumprir com o nosso dever com foco e respeito”, garantiu.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Marcelo Araújo, disse que os equipamentos entregues à Corporação serão essenciais para o trabalho que será desenvolvido nos próximos dias. “O Corpo de Bombeiros irá atuar no Parque do Povo, fazendo um trabalho de prevenção e esperamos que este seja um mês tranquilo para todos os que vão se divertir”, reforçou.

O delegado-geral da Polícia Civil, Isaías Gualberto, lembrou que praticamente toda a tropa será empregada nos festejos juninos. “Nós faremos o atendimento das ocorrências da Operação São João, mantendo também as operações de repressão qualificada realizadas em parceria com outros órgãos”, explicou.

Planejamento Operacional do São João 2019

Este ano, todo o efetivo será empregado em ações de prevenção e repressão, durante os festejos juninos, não só em Campina Grande, como também em outras localidades do Estado, com uso de rádio comunicação digital, tecnologias de transmissão de dados multimídia (LTE tático) e da aeronave Acauã 2.

Entre as áreas que terão reforço no policiamento, além de Campina Grande, estão as regiões de João Pessoa, Guarabira, Belém, Bananeiras, Santa Luzia, Patos, Sousa, Cajazeiras e Monteiro, abrangendo 143 municípios, em um total de 562 eventos festivos.

Em relação à presença da Polícia Militar na Rainha da Borborema, os locais de festa onde haverá maior circulação de pessoas e que terão reforço de efetivo, serão a Vila Forró, o Parque do Povo, a Vila do Artesão, o Artesanato da Paraíba, o Trem do Forró, a Vila Junina, Namoradrilha, o Sítio São João, além de festividades em casas de show e clubes. Serão 5.524 empregos de policiais militares, sendo de 92 a 224 empregos de militares diariamente no Parque do Povo, distribuídos entre os postos de comando, policiamento a pé, em viaturas, montado, motocicletas, ônibus, postos de observação, além de um espaço destinado ao Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

A Polícia Civil estará presente em Campina Grande com 354 empregos de efetivo exclusivamente para os festejos juninos e 714 empregos de efetivo na cidade, entre delegados, agentes de investigação, escrivães de polícia e agentes operacionais, além de servidores do Instituto de Polícia Científica (IPC).

Notícias relacionadas