menu

Brasil

28/07/2015


Na TV, PSDB inicia chamadas para o golpe

Em meio à condenação de uma parte do partido, o PSDB exibe nesta terça-feira, 28, quarta-feira, 29, e no sábado, 1º, em rede nacional de rádio e televisão, suas inserções em que defende o apoio às manifestações que pede o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Segundo informações da legenda, serão apresentadas seis inserções com fragmentos de discurso dos principais líderes tucanos, durante a convenção que reconduziu o senador Aécio Neves (MG) à presidência nacional do partido. "Os trechos dos discursos feitos no calor da convenção expressam não apenas a compreensão, mas também o sentimento da oposição em relação ao que está ocorrendo hoje no Brasil", diz o partido.

Em uma das inserções, Aécio faz apelo para que o governo "ouça as ruas". "É preciso, meus amigos, sempre ouvir as ruas. Ouvir as famílias, ouvir os indivíduos", diz o líder tucano.

Participarão o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o próprio senador Aécio Neves, os líderes no Congresso, deputado Carlos Sampaio e senador Cássio Cunha Lima, além do senador José Serra e do governador Geraldo Alckmin. Governadores que demonstraram divisão em relação à postura adotada por Aécio Neves, como Marconi Perillo, de Goiás, e Beto Richa, do Paraná, não aparecerão nas inserções.

Assista às inserções do PSDB:

Aécio Neves:

 

 

 

 

Notícias relacionadas