menu

Ceará

01/11/2016


“Não aceitamos o fechamento da usina de forma unilateral”, diz Camilo Santana

O governador Camilo Santana se reuniu nesta terça-feira (1), no Palácio da Abolição, com o diretor-executivo de Refino e Gás Natural da Petrobras, Jorge Celestino Ramos, e o presidente da Petrobras Biocombustíveis, Luiz Fernando Marinho, para tratar sobre a Usina de Biodiesel de Quixadá. A empresa anunciou em outubro o encerramento das atividades da usina, que emprega centenas de pessoas da região do Sertão Central do Estado.

"Fiz questão de solicitar esse encontro para externar que não aceitamos o fechamento da usina de forma unilateral, sem dialogar com o Governo do Estado. Propusemos aos diretores que a decisão possa ser revista até que seja encontrada uma alternativa para manter a usina aberta, seja via Petrobras Biocombustíveis ou por meio de algum outro investidor", disse Camilo Santana.
 
"Vamos fazer todos os esforços para que a usina não seja fechada, uma vez que ela emprega centenas de pessoas do Sertão Central. Recebemos a garantia de que a proposta do Estado será levada à presidência da Petrobras e esperamos que o Ceará não seja novamente prejudicado", citou o governador. 
 
Os secretários Élcio Batista (Chefia de Gabinete), Nicole Barbosa (Desenvolvimento Econômico), Dedé Teixeira (Desenvolvimento Agrário), Ferruccio Feitosa (Adece) e o deputado federal Odorico Monteiro também participaram da reunião.

Notícias relacionadas