menu

Brasil

08/02/2014


“Não tive intenção de machucar”, diz envolvido em explosão que feriu câmera

PROTESTOS

 

O estudante universitário Fábio Raposo dá entrevista à Globo News após se apresentar à polícia. Ele foi identificado como coautor da explosão que feriu o cinegrafista da Band Santiago Ilídio Andrade Identificado como coautor da explosão que feriu o cinegrafista da "Band" Santiago Ilídio Andrade, na quinta-feira (6), o estudante universitário Fábio Raposo se apresentou na madrugada deste sábado (8) à Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Em entrevista à "Globo News", o suspeito disse que "não tinha a intenção de machucar nenhum repórter".

"Nas fotos que foram apresentadas nas mídias, era eu, sim. Eu estava de camisa, bermuda e tênis. Com as tatuagens. Sim, eu que passei o artefato. Mas o artefato não era meu. Eu quero deixar isso bem claro. (…) Eu vi um rapaz correndo e ele deixou uma bomba cair no chão. Eu peguei e fiquei com ela na mão. Nesse momento, outro cara veio e falou comigo: 'Passa para mim que eu jogo! Passa para mim que eu jogo!'. Foi só isso mesmo. Em momento algum, eu vou para as manifestações para quebrar as coisas, bater em policial ou jogar pedra", relatou Raposo.

Notícias relacionadas