menu

21/09/2019


No Ceará, Hospital Albert Sabin realiza nova técnica cirúrgica de correção da bexiga

Diana Vasconcelos – Ascom Hias

O Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), do Governo do Ceará, pela primeira vez, vai realizar a Técnica de Kelley em uma cirurgia de correção Extrofia de Bexiga (Epispádia). “Será a primeira vez não só no Albert Sabin que aplicaremos essa técnica, mas também no Ceará”, destacou o coordenador da cirurgia pediátrica do Albert Sabin, o cirurgião Augusto César Filho.

A cirurgia está agendada para a manhã deste sábado (21) e consiste em um único e complexo procedimento que vai corrigir a má formação do aparelho gênito urinário de um paciente do Hias.

“Esta é uma técnica complexa e demorada, podendo levar até 12 horas, o que requer cirurgiões com excelente formação A correção envolve bexiga, uretra, genitália”, destacou Augusto César Filho. Explicando ainda que, devido a complexidade do procedimento, formou-se um grupo de estudos e compartilhamento da técnica formado por cirurgiões de todo o país.

“Para realizar um procedimento como este é preciso um longo aprendizado e os casos de Extrofia de Bexiga são raros, a proporção é de um caso para cada cem mil nascidos vivos. Então formou-se um grupo de cirurgiões itinerantes com o objetivo de operar todos os casos existentes no país e, ao mesmo tempo, aprender e compartilhar a técnica”, explicou o cirurgião.

A iniciativa de formação do Grupo Multi-institucional para Tratamento de Extrofia de Bexiga foi uma iniciativa da Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica (Cipe), em parceria com o cirurgião que vem conduzindo todos os procedimentos, o médico cearense Nicanor Macêdo. “Essa experiência vai permitir que, num futuro próximo, todos possamos oferecer essa possibilidade terapêutica a todos os pacientes com qualidade e segurança”, destacou Augusto César.

A cirurgia no Hias será conduzida por Nicanor Macêdo e auxiliada pelos cirurgiões Augusto César e Manoel Luis Oliveira, ambos médicos da unidade e integrantes da Cipe. Em uma outra sala, cirurgiões de todo o país estarão acompanhando o procedimento e discutindo as técnicas.

Notícias relacionadas