menu

Brasil

30/03/2015


No Twitter, senador propõe ‘cota’ para casamento hétero e gera polêmica

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) provocou uma grande polêmica nesta segunda-feira, dia 30, ao fazer uma postagem considerada homofóbica por seus seguidores na rede social.

"Para evitar a extinção da espécie pelo menos 50% dos homens e mulheres deveriam compor a COTA de casamento hetero (sic)", publicou o peemedebista.

Logo após, dezenas de pessoas começaram a interpelar o senador no Twitter. Uma delas classificou a postagem como "nojenta", e outras disseram não entender se Requião estava ironizando ou, de fato, manifestando uma opinião própria, e homofóbica.

Ainda bem que eu nao votei em você, prefiro votar em um governador que não é homofóbico – comentou um internauta.

Se é pra nossa espécie continuar com pessoas como você acho que prefiro a extinção 😉 – postou outro.

Por meio de nota, a assessoria de Roberto Requião afirmou que a declaração do senador no Twitter foi uma ironia.

O staff do peemedebista ressalta, ainda, que foi ele o relator da proposta que altera o Código Civil para reconhecer a união estável entre casais do mesmo sexo, e, quando governador do Paraná, implantou uma secretaria voltada exclusivamente para atender as demandas do público LGBT.

 

 Portal O DIA

Notícias relacionadas