menu

Alagoas

13/06/2016


Novas empresas vão gerar 2,4 mil empregos

Um relatório divulgado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) nesta sexta-feira (10) aponta que Alagoas tem atualmente 17 indústrias em processo de instalação.

Os números se referem às empresas atraídas pela política de benefícios fiscais do Governo, alinhada com novo formato no Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado de Alagoas (Prodesin) que torna Alagoas o estado mais competitivo do Nordeste no que se refere ao regime tributário para instalação de novas indústrias.

O novo Prodesin propõe um desconto (crédito presumido) de 92%, sem parcelamento. O número é idêntico ao trabalhado por Pernambuco, mas no estado vizinho o desconto se aplica apenas para empresas que vão se instalar no Sertão.

“Mais do que nunca o desenvolvimento do nosso estado, diante do atual cenário econômico nacional, reclama uma interface cada vez maior com a questão tributária. O novo Prodesin – mais interessante e mais simples – cumpre essa função, e tem se mostrado altamente competitivo no país, atraindo novas empresas para Alagoas, a despeito da crise nacional”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo Helder Lima.

De acordo com o relatório, as indústrias em instalação representam juntas um investimento de 1 bilhão de reais. Entre elas, a Duratex, indústria de base especializada em MDP E MPF que deverá alavancar a produção de móveis planejados em Alagoas.

Notícias relacionadas