menu

Piauí

12/08/2015


Obra da Transnordestina está perto de ser paralisada por falta de água

O volume de água do Açude Ingazeira de Paulistana está diminuindo consideravelmente e já está no limite que foi permitido para uso nas obras da Ferrovia Transnordestina.

A população preocupada com a falta d'água já enviou fotos e vídeo para as autoridades. A Comissão de Defesa do Meio Ambiente da OAB-PI já comunicou o caso ao Ministério Público Federal.

O procurador da República, Carlos Wagner, encaminhou recomendação para a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e para o DNOCS para que monitorem o nível da água no açude e informem ao MPF semanalmente sobre a situação. Na hora que atingir a cota, a Transnordestina Logística não poderá mais usar água do açude e as obras correm o risco de paralisarem.

Aquiles Nairó
180 Graus

Notícias relacionadas