menu

Brasil

25/08/2015


Odebrecht descarta delação na Lava Jato

Chefe da maior empreiteira do País, o empresário Emílio Odebrecht teria autorizado seu filho Marcelo a se tornar delator na Lava Jato, mas a defesa do executivo voltou a descartar o acordo na operação.

“Marcelo não tem razões objetivas e nem subjetivas para fechar acordo de delação. Ele simplesmente não praticou crime algum. Como ele vai confessar algo que não praticou? Isso está completamente fora de cogitação”, disse o advogado Nabor Bulhões, em entrevista ao ‘Valor’.

Odebrecht está preso desde o dia 29 de junho. O Superior Tribunal de Justiça vai julgar nas próximas semanas um recurso que pede seu relaxamento.

Ricardo Pessoa, dono da UTC, o ex-presidente da Camargo Corrêa, Dalton Avancini e o ex-vice-presidente da Camargo Corrêa, Eduardo Leite, já colaboraram com as investigações. (leia mais).

Brasil 247

Notícias relacionadas