menu

Brasil

26/02/2014


Ômega Energia monta geradores eólicos no litoral

Piauí

Um dos estados que mais aposta na produção de energias limpas, o Piauí tem investimentos que somam mais de R$8,5 bilhões em cinco projetos aprovados e em andamento. No litoral, a empresa Ômega Energia trabalha na montagem de geradores.

Os investimentos colocam o Piauí como um dos que mais aposta nas energias limpas e deixa o Estado superavitário. O projeto é uma conquista do governador Wilson Martins, que traçou todo o seu cronograma e execução com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

Atualmente, o Piauí tem na hidrelétrica Boa Esperança sua principal fonte de energia, com aporte de 337 mega watts (MW) de energia gerada.

Os cinco projetos que estão em execução no Estado começam a ser executados e vão ampliar o suporte energético em mais de 2.106 MW.

No litoral, a empresa Ômega Energia vai aportar 130 MW, desses 70 MW estão em construção e os outros 60 MW já foram adquiridos no final de 2013, somando um total de R$250 milhões investidos.

Outros demais projetos são Casa dos Ventos, na Chapada do Araripe, que vai produzir 960 MW com investimento de R$4 bilhões; Queiroz Galvão Energia, também na Chapada do Araripe, que produzirá 416 MW com recurso aplicado de R$1,6 bilhão.

Nos municípios de Queimada Nova e Lagoa do Barro fica o projeto Atlantic Energia, que produzirá 400 MW, num investimento de R$1,5 bilhão. Em São João do Piauí está a Vensolbras, que produzirá 200 MW e tem investimento de R$1,2 bilhão.

Com a produção de energia desses projetos, o Piauí se tornará autosuficiente e até exportará energia.

Notícias relacionadas