menu

Brasil

15/12/2015


Operação Catilinária faz referência a político que queria derrubar governo

O nome da operação em curso na residência oficial do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e outros parlamentares peemedebistas chama-se Catilinárias, que tem o significado de acusação enérgica e eloquente.

Investigadores informaram ao blog que o nome da operação se refere as Catilinárias, série de quatro discursos célebres do cônsul romano Cícero contra Catilina, senador que planejava derrubar o governo republicano.

A intervenção de Cícero se tornou um clássico da política e passou a ser invocada ao longo dos últimos dois mil anos sempre que um homem público atenta contra o interesse geral da população.

Em um dos textos, Cícero afirma assim: "Até quando, Catilina, abusarás da nossa paciência? Por quanto tempo a tua loucura há de zombar de nós? A que extremos se há de precipitar a tua desenfreada audácia?".

Alvo de inquéritos por suposto envolvimento com esquema de corrupção da Petrobras investigado pela Operação Lava Jato, Cunha abriu na Câmara dos Deputados, no início do mês, o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

G1

Notícias relacionadas