menu

Brasil

27/01/2015


Operação retira moradores de rua e lacra antiga fábrica da Oleama

MARANHÃO

A prefeitura de São Luís realiza uma operação na manhã desta terça-feira (27) para retirada dos moradores de rua que ocupam a antiga fábrica da Oleama, no Centro Histórico. São mendigos, dependentes químicos e famílias andarilhas que utilizam o prédio abandonado como refúgio. Por vezes chegam a dormir mais de 50 pessoas no local.
O objetivo da operação é retirar as pessoas e encaminha-las para a assistência social e lacrar as entradas da edificação. A operação é liderada pela subprefeitura de São Luís em parceria com o Governo do Estado com ajuda de outras secretarias. A ação conta também com o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar do Maranhão (PM), Ministério Público. De acordo com o subprefeito do Centro Histórico Fábio Henrique, o prédio da fábrica Oleama será reformado para ser instalado um quartel da Polícia Militar para atender a região do Centro.

Nesta manhã somente o prédio da Oleama será lacrado na área do Desterro. As pessoas encontradas neste prédio serão encaminhadas para casas de acolhidas e serão encaminhadas para o Cras e Caps, onde passarão por tratamento para abandonar as drogas.

De acordo com a prefeitura esta operação terá continuidade, sendo lacrados todos os prédios na área do Centro Histórico, após esta etapa os casarões passarão por um processo de revitalização. Também compõem o processo de revitalização do Centro Histórico o trabalho de limpeza e lavagem das ruas e escadarias, varrição e coleta, manutenção da iluminação pública, poda de árvores, restauração do calçamento e reforço da segurança no local, por meio da realização de operações ostensivas e aumento do efetivo policial em toda a área do Centro Histórico.

(O Imparcial)

Notícias relacionadas