menu

Brasil

25/04/2014


Oposição escolhe Vitória da Conquista para dar largada à campanha de 2014

Bahia

Uma semana após lançarem a chapa majoritária, os partidos de oposição começaram ontem a estreitar as táticas de pré-campanha, direcionada às urnas de 05 de outubro, quando serão escolhidos os futuros representantes do estado. Os pré-candidatos ao governo, Paulo Souto (DEM), a vice, Joaci Góes (PSDB), e ao Senado, Geddel Vieira Lima (PMDB), se reuniram com os deputados estaduais e federais do grupo para definirem os próximos passos, a começar pelo cronograma de viagens às cidades do interior do estado. O primeiro destino será Vitória da Conquista, no próximo sábado, a partir das 9h30. Os pré-candidatos e os deputados já estariam mobilizando as lideranças políticas da região.
Além dos postulantes, o evento vai contar com a presença do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), considerado o principal cabo eleitoral da campanha oposicionista na Bahia. A série de visitas será realizada aos finais de semana para permitir presença mais numerosa de políticos e eleitores. “O nosso objetivo é ouvir o máximo possível o sentimento da comunidade regional sobre o que esperam do próximo governo em nosso estado”, disse o ex-governador, que aproveitou para começar a convidar os moradores de vários municípios da região.
Os encontros irão contribuir para a elaboração do programa de governo. “Vamos ouvir as lideranças da região sobre os problemas e levarmos a nossa mensagem de esperança para a população. Temos as linhas mestras do programa, mas tudo isso será auferido de acordo com os anseios da população”, disse o presidente estadual do DEM, deputado Paulo Azi. Segundo ele, a receptividade no evento de oficialização da chapa estimulou os pré-candidatos. “Melhor impossível o clima. Todos saíram muito satisfeitos e confiantes no desejo de mudança das pessoas. Ficou o entusiasmo, a vibração e o sentimento de unidade dos defensores das candidaturas de Paulo Souto, Geddel e Joaci”, ressaltou.
Além dos encontros no interior, o dirigente democrata confirmou que todos os pré-candidatos intensificarão o uso das mídias sociais (facebook, twitter, entre outros). “Esse é um instrumento importante dentro da preparação da campanha e certamente receberá uma atenção especial”, afirmou Azi.
O líder do DEM na Assembleia Legislativa, Carlos Gaban, destacou que nos eventos, o grupo irá registrar as reivindicações populares. “O candidato já tem um pré-plano que será adequado aos desejos da população. Vamos verificar as falhas e os compromissos do governo Wagner que não foram cumpridos”, disse. Ainda não foi definido o coordenador da campanha oposicionista. A questão será definida até a realização da convenção partidária, com prazo para acontecer até 30 de junho.  

Notícias relacionadas