menu

Política

04/11/2015


“Oposição quer chegar no Planalto pelos esgotos”, diz líder do PT no Senado

O líder do PT no Senado, Humberto Costa, afirmou que a oposição faz “um jogo sujo e golpista” e quer “chegar ao Palácio do Planalto pelos esgotos”. Referindo-se a apresentação do resultado de uma auditoria que o PSDB vai apresentar nesta quarta-feira (4), o petista disse em discurso no plenário da Casa nessa terça (3) que uma eleição “se ganha no voto” e “não por meio de procedimentos que ferem o processo legal” e atingem de alguma forma as práticas democráticas.

“A oposição diminui o país agindo dessa forma. Tenham consciência disso e busquem conquistar o governo pelas urnas. O Palácio do Planalto não é um local onde se pode chegar pelos esgotos”, alertou. Para Humberto, se a oposição não tem competência para fazer o combate na política, deve procurar outra liderança que possa rivalizar com “Lula e com o PT em propostas e serviços prestados ao povo brasileiro”.


O parlamentar avisou que o PT não vai permitir que alguns poucos setores da Polícia Federal, do Ministério Público e do Judiciário sejam transformados em linha auxiliar dos opositores. Segundo ele, essas instituições democráticas trabalham de forma republicana e merecem todo o apoio e respeito dos brasileiros. “Não queira a oposição, diante da tamanha incompetência que tem para criar uma afinidade com a população, usar as instituições públicas para saciar seus caprichos eleitorais frustrados”, disse.

Para o senador, os ataques, especialmente a Lula, “muitos dos quais requentados como café de segunda”, são ataques diretos às conquistas sociais dos brasileiros, que devem ser rechaçados com o máximo vigor. “Vamos combater essas incursões de ódio, intolerância e mentira, seja nas ruas, seja nas instituições, seja nas redes sociais. Essa luta é componente essencial da resistência ao golpismo e ao retrocesso”, ressaltou.

Notícias relacionadas