menu

Brasil

23/10/2014


‘Oposição receberá governo organizado’, afirma governadora

Maranhão

“Tenho certeza que a oposição vai me agradecer quando assumir o governo. A oposição receberá um governo organizado”, assim classificou a governadora Roseana Sarney (PMDB), como entregará o estado para o próximo governador, o ex-juíz federal Flávio Dino (PCdoB). A frase foi disparada durante uma vistoria da urbanização do espigão costeiro na Ponta D´areia e faz referência da atual situação financeira e administrativa do governo estadual.

Acompanhada do senador João Alberto (PMDB), do deputado estadual eleito Adriano Sarney (PV) e dos secretários José Raimundo Frazão (Infraestrutura), Carla Georgina (Comunicação) e Anna Graziela (Casa Civil), a governadora falou sobre os últimos meses do seu governo e voltou a declarar que não abandonará a política, apesar de que seja muito provável que ela não dispute mais cargos eletivos.

O posicionamento de Roseana Sarney em relação a organização financeira e administrativa do estado, vem logo após, uma série de denúncias apresentadas pela oposição e pelos membros da comissão de transição ligados a Flávio Dino, que acusam o governo de praticar atos ilícitos no fim do mandato com o objetivo de atrapalhar o futuro governo.

“É natural que a oposição continue reclamando”, declarou a peemedebista, fazendo questão de lembrar que a eleição já acabou e os palanques já foram desfeitos. Porém fez questão de enfatizar que as reclamações não fazem sentido, segundo a governadora, “quando eles receberem o estado e perceberem que está tudo organizado, eles vão ficar mortos de felizes, eles só não vão soltar foguete, pois não vão ter coragem de admitir o sucesso do meu governo”, completou.

Roseana ainda disse que não será possível entregar todas as obras até o fim do seu mandato, porém todas licitadas, vão ficar com os recursos disponibilizados para que sejam concluídas nos próximo governo.

Crescimento

Outro ponto abordado pela governadora na conversa com os jornalistas foi sobre o crescimento do estado. De acordo com Roseana, ela entregará o governo com percentual de crescimento semelhante ao da China, com número de 15% ao ano. “Sairei com meu dever cumprido, o Maranhão está bem melhor”, destacou.

Resultado do crescimento, possibilitará um orçamento maior para o próximo governo no ano de 2015 e isso ocorre por conta de uma melhor arrecadação e também entrada de novas indústrias no estado.

Conclusão do governo

Sobre a possibilidade de entregar o governo antes do fim do seu mandato, Roseana foi escorregadia, disse que é algo ainda a se pensar e que no momento ela não está preocupada com isso, mas sim com as obras que estão prestes de serem concluídas.

 

(Do Jornal O imparcial)

Notícias relacionadas