menu

Piauí

26/11/2015


PAI é suspeito de atirar na própria filha em frente à escola

Uma adolescente foi baleada no final da manhã desta quinta-feira (26/11) em frente ao Colégio Estadual João Henrique de Almeida Sousa, bairro Morada Nova, zona Sul de Teresina. O suspeito de efetuar os disparos é o próprio pai da garota, o segurança identificado como Firmino.

Após ser baleada por pelo menos dois disparos, a jovem tentou correr e se esconder em um condomínio que fica na frente da escola. A menina foi socorrida e encaminhada para o Hospital.

Apesar de ter dado entrada ainda consciente no Hospital de Urgência de Teresina, o estado de saúde da menina é considerado delicado. Ela está no centro cirúrgico.

O suspeito está em fuga em um carro vermelho, possivelmente um Fiat Uno, que seria roubado.

TENTATIVA DE ALICIAMENTO
A avó da garota, em entrevista ao vivo na TV Meio Norte, disse que o pai da jovem já tinha tentado aliciá-la."Ele disse que era pai, que dava tudo, mas eu avisei para ela, cuidado com quem está andando, ele não vai se aquetar enquanto não te matar", contou a idosa, bastante nervosa, ainda aos prantos por conta da neta.

Também para a TV, uma tia da garota informou que a menina tinha medo do pai. "Ela contava que era aliciada e ele dizia que se ela contasse a alguém, pagaria ela, a irmã e a mãe".

avos.png

Uma amiga da adolescente contou que a jovem é uma menina boa, que não gosta de confusão, mas que por causa das perseguições do pai, já havia ido passar um tempo em Esperantina. "Ela morria de medo, não queria nem cruzar com ele pois não sabia o que ia fazer.O que sabemos é que ele já tentou aliciar ela", contou a colega.

180 Graus

Notícias relacionadas