menu

Pernambuco

24/02/2016


Para 22% dos recifenses, só Deus ou Jesus podem resolver a crise

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau (IPMN), divulgada pelo Jornal do Comercio, aponta que 75% dos recifenses acreditam que a crise está grassando pelo país. Detalhe, a confiança para tirar o Brasil da crise não vem dos políticos, do governo da presidente Dilma Rousseff e nem mesmo do próprio povo. Para22% dos entrevistados o Brasil só sairá da crise com a ajuda de Deus ou de Jesus.

Segundo o estudo, 16% dos recifenses acham que a saída virá dos políticos. Outros 10,7% acreditam que a presidente Dilma conseguirá retomar o crescimento e outros 8,7% acham que a solução para a crise está junto ao próprio povo brasileiro.

A pesquisa aponta que quase a metade dos entrevistados atribui a crise à presidente Dilma e também aos políticos. Já 53,5% dos entrevistados avaliam que continuam na mesma situação de antes da crise.

Outros 4,7% disseram que o "povo" é culpado pela crise atual e somente 8,7% se incluem como possíveis responsáveis para promover uma articulação para resolver o problema

O levantamento aponta, ainda, que cerca de 70% dos estratos das classes sociais A1 e B1não sentem os efeitos da recessão. Já nas classes D e E, 90% disseram que a crise existe e que sentem seus efeitos.

Notícias relacionadas