menu

Ceará

25/05/2016


Para ex-líder de Dilma, medidas de Temer para retomar economia são pífias

Para o ex-líder do governo Dilma Rousseff e atual líder da minoria, deputado federal José Guimarães, as medidas aprovadas pelo Congresso não levarão à retomada do crescimento. Guimarães também criticou a demora na aprovação das medidas propostas pelo governo interino de Michel Temer e afirmou que já está instalada a crise na nova base governista. "É um governo que não tem condição de governabilidade, porque foi produto de um golpe parlamentar que não encontra ressonância na sociedade brasileira. Nós não podemos jogar a crise nos ombros dos trabalhadores. É o oposto do que íamos fazer", afirmou Guimarães.

Segundo Guimarães "a crise está estampada no Brasil. A república está derretendo em função dos últimos acontecimentos e das medidas que são medidas pífias e que não vão sinalizar retomada do crescimento coisa nenhuma". E acrescentou que "mesmo com a boa vontade do mercado, a boa vontade da grande mídia, não tem jeito. A sociedade está mobilizada pela questão central, que é a questão democrática".

Os trabalhos duraram mais de 16 horas e a proposta foi aprovada pelo Congresso Nacional somente na madrugada de hoje. O texto autoriza o governo federal a fechar o ano com um déficit primário de até R$ 170,5 bilhões nas contas públicas. Antes da votação foi preciso realizar a apreciação de 24 vetos ainda assinados pela presidenta Dilma Rousseff e que trancavam a pauta. 

Notícias relacionadas