menu

Nordeste

02/01/2020


Passageira a caminho do Nordeste passa mal em Cumbica e morre

Mulher de 20 anos tinha síndrome de Down e desembarcou com mãe de voo vindo de Nova York, nos Estados Unidos.

G1 – Uma passageira de 20 anos teve um mal súbito no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na manhã desta quarta-feira (1º), não resistiu e morreu no hospital, segundo a concessionária GRU Airport. Ela tinha síndrome de Down e estava a caminho do nordeste com a mãe.

Inicialmente, a concessionária informou que a mãe da jovem, que a acompanhava na viagem, é que havia morrido. Posteriormente, a GRU Airport enviou uma nota atualizada.

De acordo com a GRU Airport a mulher de 20 anos desembarcou com a mãe de um voo da Delta Airlines vindo de Nova York, nos Estados Unidos. Após a conexão, o destino delas era o nordeste, mas a passageira sentiu-se mal às 8h30, quando passava pela imigração de Cumbica.

Quatro minutos depois, de acordo com a GRU Airport, a equipe médica do Terminal 2 chegou e tentou a reanimação da passageira, sem sucesso. Uma ambulância foi acionada e, às 8h45, a mulher foi encaminhada para o Hospital Geral de Guarulhos.

De acordo com a concessionária que administra o aeroporto, a passageira morreu às 9h25.

A reportagem tentou contato com a companhia Delta Airlines para mais informações sobre a passageira, mas não conseguiu.

As delegacias da Polícia Federal e da Polícia Civil do Aeroporto de Guarulhos não registraram nada sobre o caso, nem o 3º Distrito Policial de Guarulhos, que atende a região de Cumbica.

(CORREÇÃO: ao publicar esta reportagem, o G1 errou ao informar que a mãe da passageira teve um mal súbito em Cumbica e morreu no hospital. As informações eram da concessionária GRU Airport, que posteriormente enviou uma nota atualizada. A informação foi corrigida às 18h58.)

Notícias relacionadas