menu

Brasil

13/05/2016


Paulinho da Força critica declarações de Meirelles: “estapafúrdias”

No primeiro desentendimento entre articuladores do governo Temer, o deputado federal Paulinho da Força (SD) classificou como "estapafúrdias" as declarações do novo ministro da Fazenda Henrique Meirelles, sobre a reforma da Previdência.

"A estapafúrdia ideia defendida pelo atual ministro é inaceitável porque prejudica quem ingressa mais cedo no mercado de trabalho, ou seja, a maioria dos trabalhadores brasileiros", diz nota da Força Sindical assinada pelo deputado.

Henrique Meirelles defendeu estabelecer uma idade mínima com uma regra de transição. "Sim, haverá uma idade mínima de aposentadoria. O que estamos estudando é exatamente quais as regras de transição", disse.

Em resposta, Paulinho da Força critica a ideia e manda um recado ao presidente interino, Michel Temer: "Acreditamos que o atual presidente, Michel Temer, seguirá os caminhos acordados com os trabalhadores e com as centrais sindicais nas reuniões realizadas recentemente, de manutenção de direitos e de articulação pelo crescimento do País e pela geração de empregos".

"Vamos resistir a mais este ataque a direitos e conquistas que, a duras penas, foram acumulados ao longo da história de lutas da classe trabalhadora brasileira", diz a nota.

Brasil 247

Notícias relacionadas