menu

Pernambuco

10/06/2015


Paulo Câmara lança movimento para atrair hub da TAM para Pernambuco

Com a lucidez de quem vê que, se não correr, perde o voo, o governador Paulo Câmara (PSB) não deixou nem esfriar o anúncio do pacote para investimentos logísticos de R$ 198 bilhões feito pela presidente Dilma. Antes mesmo de considerar os benefícios totais que o pacote trará para Pernambuco – R$ 6,5 bilhões – o governador partiu para a organização de um movimento suprapartidário, na defesa da implantação no estado, do hub, novo centro de voos internacionais e nacionais que o Grupo Latam (TAM e LAN) pretende implantar no Brasil em 2016. O Recife disputa o empreendimento com Fortaleza e Natal e o movimento que será lançado, nesta quinta-feira, no Palácio das Princesas, é uma ação para se contrapor ao Ceará: o aeroporto de Fortaleza foi incluído no pacote das concessões, junto com os de Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e mais sete regionais, que receberão R$ 8,5 bilhões de investimentos. Os lleilões, programados para o primeiro trimestre de 2016, vão ampliar a infraestrutura, melhorar a qualidade de serviços desses aeroportos, trazer inovação e experiência de operadores internacionais, incentivar o turismo, aperfeiçoar o transporte de cargas e criar novos hubs regionais. O Aeroporto dos Guararapes ficou na curva. Só será incluído na próxima rodada do Programa de Investimento em Logística, em 2016, como informou o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, a Paulo Câmara. O movimento suprapartidário vai reunir a sociedade civil, deputados estaduais e ex-governadores pernambucanos e, na próxima segunda feira, será a vez dos deputados federais e senadores. Atos semelhantes também foram promovidos por governos anteriores em torno de grandes investimentos para Pernambuco como refinaria, montadora e estaleiro, os quais só foram concretizados muito tempo depois.

Linha direta

O ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro Neto (PTB), estava participando de reunião na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, na segunda-feira, quando foi alcançado por um telefonema da presidente Dilma convocando-o a integrar a comitiva presidencial que embarcou ontem para Bruxelas. Dilma participa na capital belga da 2ª Cúpula entre a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos e a União Europeia.

Providências

Dilma foi além e telefonou, ela própria, ao líder do governo no Senado, Delcídio Amaral (PT-MS), que preside a Comissão de Assuntos Econômicos, solicitando que transferisse a audiência pública com o ministro marcada para as 11h de ontem, em conjunto com a Comissão de Ciência e Tecnologia.

Na Histórias

A Companhia Editora de Pernambuco – Cepe lança, no próximo dia 18, o livro Magdalena Arraes – a Dama da História, dos autores Lailson de Holanda Cavalcanti e Valda Colares. O evento, que será no Museu do Estado, às 19h. Dona Magdalena teve participação marcante em muitos episódios da história política de Pernambuco.

Partido forte

Fernando Bezerra Coelho lamenta que integrantes da própria legenda insistam em revolver boatos já superados. O senador reitera que, após a morte de Eduardo, não fez qualquer movimento para que a chapa de 2014 fosse modificada. Quanto a apoiar a fusão com o PPS, o senador entende que quanto mais forte o partido, melhor para que a sigla se consolide como uma alternativa para o Brasil. Este, aliás, era o sonho de Eduardo, lembra.

Diario de Pernambuco 

Notícias relacionadas