menu

Brasil

03/04/2014


PCCS dos policiais civis é aprovado por unanimidade na ALE

ALAGOAS

Os policiais civis de Alagoas têm muito que comemorar. Após longa espera e muitas greves, foi aprovado por unanimidade, nesta quarta-feira, 02, o anteprojeto de lei que dispõe sobre Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios (PCCS) da categoria. Mesmo com as alterações realizadas pela Procuradoria do Estado do Gabinete Civil, o projeto foi aceito pela categoria, que acompanhou de perto a votação na galeria da Assembleia Legislativa do Estado.

No início da sessão, o deputado Judson Cabral (PT) apresentou um requerimento à Mesa Diretora para que o anteprojeto fosse votado em regime de urgência. A solicitação levou o líder do Governo na Casa, deputado Inácio Loiola (PSDB), a pedir suspensão da sessão para entendimento de lideranças, mas no retorno os parlamentares aprovaram o requerimento.

Para Judson Cabral, o projeto ainda não é o que os policiais sonhavam, mas é uma grande vitória da classe, que espera por este momento há anos. O também petista Ronaldo Medeiros endossou as palavras de Cabral e lembrou que no Estado, tomado pela violência, é de grande importância iniciativas como esta. “Esperamos que os novos gestores continuem organizando carreira tão importante que é de policial civil”, concluiu.

Em entrevista ao Alagoas24Horas, um dos diretores do Sindpol, Carlos José, disse que desde ontem estavam pressionando os parlamentares a colocarem em votação o anteprojeto do PCCS. A categoria ainda deseja o acréscimo de dois pontos importantes ao projeto: três classes e quatro níveis da carreira.
Ainda segundo o diretor, o novo PCCS permitirá um reajuste de, no mínimo, 22%, de no máximo 52%.

(Alagoas 24 horas)

Notícias relacionadas