menu

Brasil

25/03/2014


PDVSA jamais entrou em sociedade de refinaria em PE

PETROBRAS

A Petrobras afirmou em nota na noite desta segunda-feira que a companhia venezuelana PDVSA "jamais ingressou na sociedade" para construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. "Todos os documentos firmados entre a companhia e a venezuelana Pdvsa – no que diz respeito à Refinaria Abreu e Lima – havia a premissa de que quaisquer direitos e obrigações somente seriam devidos, de parte a parte, na hipótese de efetivo ingresso da Pdvsa na sociedade", afirmou a companhia em nota.

Reportagem do Jornal Nacional desta segunda-feira o Tribunal de Contas da União está investigando a obra em Pernambuco. A estatal brasileira está arcando sozinha com todos os custos da construção da refinaria , que era para ser uma parceria com a estatal de petróleo da Venezuela. Porém, o acordo firmado entre os então presidentes Lula e Hugo Chávez nunca teve a situação jurídica formalizada e a Venezuela nunca investiu no empreendimento.

"A construção da Refinaria do Nordeste encontrava-se inserida no Plano de Negócios 2007-2011 da Petrobras, independentemente da constituição de parceria societária com a PDVSA ou outra sociedade. A Petrobras, ao longo desses anos, negociou com Pdvsa o seu ingresso na Rnest, sem ter questionado a consecução de seu objetivo estratégico, visando ao incremento da capacidade nacional de refino, em benefício da sociedade como um todo", afirmou a Petrobras no comunicado.

Notícias relacionadas