menu

Brasil

16/01/2014


Pernambucanos de malas prontas para a Campus Party Brasil

PERNAMBUCO

Ingressos esgotados, programação fechada e organização a mil por hora. Este é o clima que os participantes da 7ª edição da Campus Party Brasil (#CPBR7) compartilham. Apesar de acontecer em São Paulo, engana-se quem acha que os pernambucanos deixarão de comparecer a feira tecnológica, que acontece a partir do dia 27 de janeiro. Através de caravanas ou indo por conta própria, eles contam como está a expectativa para o encontro e dão dicas para os que querem comparecer aos próximos encontros sem maiores complicações.
Participante de outras duas edições da Campus Party Brasil, o universitário Ytalo Simôa, 23, de Petrolina, conta que apesar de ter se organizado com antecedência, a ansiedade para participar novamente do encontro geek é inevitável. Entre os itens que vão fazer parte do seu kit de sobrevivência de campuseiro, está um colchão inflável, cobertores, cadeados e, claro, um computador.

“A lista não é pequena, mas itens básicos como peças de roupas, escova, pasta dental, xampu, sabonete, desodorante, toalha, fone de ouvido com abafador, que é crucial para tentar ouvir algo vindo do seu computador, devem ser priorizados”, orienta o campuseiro.

Para os pernambucanos que estão embarcando pela primeira vez rumo a CPBR ele aconselha por na mochila roupas de frio, muita hidratação e comidas leves. “O clima de São Paulo é bastante instável. Em uma única semana pode fazer muito calor e muito frio. Além disso, quem for de avião deve procurar deixar o evento com duas ou três horas de antecedência para não perder o avião da volta, como aconteceu comigo em 2012”, complementa.

O também universitário Dyego Oliveira, 24, fez questão de garantir sua passagem antecipadamente e afirma que os preparativos estão a todo vapor, já que ele pretende lançar uma rede social no evento, a “GRITE!”. “A grande dica é aproveitar a Campus para interagir com o máximo de pessoas, pois é um ambiente muito bom para o surgimento de novas ideias”, ressalta.

E, apesar da feira tecnológica ser uma experiência única, muitos pernambucanos preferem não embarcar sozinhos. Um exemplo é o do engenheiro de sistemas, Caio Dias, 25, que neste ano organizou uma caravana para que ninguém deixasse de comparecer à CPBR por falta de companhia. “Buscamos com a quantidade de pessoas barganhar descontos com as companhias aéreas. Quem preferir pode entrar no nosso grupo do Facebook, usamos este espaço como canal para repassar informações e novidades”, pontua.

Quanto a atração mais esperada, os três campuseiros não têm dúvida: Bruce Dickinson. Conhecido por ser o vocalista da banda de heavy metal Iron Maiden, Bruce comparecerá no evento para discursar sobre empreendedorismo, já que além de ser piloto, o inglês também é investidor anjo, aquele que investe em uma startup, e criador de diversas empresas. “Não é sempre que temos uma oportunidade como essa”, finaliza o campuseiro Caio Dias.

Confira uma lista de dicas:
– Tenha uma alimentação saudável durante a feira;
– Compre o ingresso e passagens de ida para a feira antecipadamente;
– Procure se locomover de metrô pela capital paulista;
– Procure caravanas, é mais barato e ter companhia é sempre uma boa escolha;
– Leve um cadeado para laptops;
– Procure por na bagagem roupas leves, mas não se esqueça de levar um agasalho;
– Participe das discussões do grupo Campus Party Recife;

iG Pernambuco 

Notícias relacionadas