menu

Ceará

11/11/2019


Pescado afetado pelo óleo está próprio para consumo, diz Mapa

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) coletou amostas em estabelecimentos.

Por G1/CE

Análise de amostras de peixes e lagostas coletadas em estabelecimentos da Bahia, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte indica que os pescados estão próprios para consumo nestes estados. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os foram exames feitos em 29 e 30 de outubro em pescados de áreas do litoral nordestino atingidas por óleo.

O estudo, divulgado nesta segunda-feira (11), foi feito pelo Laboratório de Estudos Marinhos e Ambientais da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Os resultados revelam níveis baixos de Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPA) – indicadores para contaminação por derivados de petróleo -, detectados em peixes e lagostas, não representando risco para o consumo humano. No entanto, o Mapa não informa de quais áreas atingidas pelo óleo são as amostras nem quais são são os estabelecimentos.

Notícias relacionadas