menu

Brasil

06/12/2013


Pesquisa mostra paraibanos temerosos quanto à violência

PARAÍBA

Uma pesquisa realizada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, divulgada nesta quinta-feira (5), mostrou que os paraibanos estão temerosos e que a criminalidade está aumentando no Estado. A Pesquisa Nacional de Vitimização informa índices que colocam a Paraíba entre os primeiros do ranking nacional da violência.

Segundo o levantamento, 86,7% da população de João Pessoa percebeu o aumento da criminalidade, sendo a primeira entre as capitais do país, e 80,6% dos moradores temem ser assassinados, chegando a terceiro nesta lista. Além disso, 67,5% da população tem medo de ter a casa invadida.

A pesquisa mostra ainda que existem motivos para esta apreensão. O Estado aparece também em terceiro lugar neste ranking, com 75,3%, quando o assunto é o número de furto de carros e em quarto quando se fala em fraudes, com índice de 77,2%.

Mas as pessoas ainda acreditam e confiam na polícia. Segundo os dados, 22,1% declararam que a Militar é ‘muito confiável’, enquanto a Civil foi caracterizada assim por 20,2% dos entrevistados. Desta forma, as polícias chegaram em segundo entre todos os estados.

Mudanças de comando

O Governador Ricardo Coutinho fez novas mudanças nos comandos da segurança pública. O Diário Oficial do Estado, publicado nessa quinta-feira (5), mostra a exoneração do tenente-coronel Eduardo Jorge, do 7º Batalhão da Polícia Militar, no município de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, que será substituído pelo tenente-coronel Júlio Cézar de Oliveira.

Já o tenente coronel João Henrique dos Santos deixa o 14º Batalhão da Polícia Militar, na cidade de Sousa, a 430 km de João Pessoa, e o major Nicolau França assumo o posto. Em Campina Grande, o tenente-coronel Ysmar Mota Soares foi exonerado do 10º Batalhão da Polícia Militar e passou a ocupar o cargo de pavimento em comissão de vice-diretor do Centro de Educação. Ysmar foi substituído pelo major Sérgio Fonseca.

O tenente-coronel Joselito Maciel Alexandre foi nomeado para ocupar o cargo de sub-corregedor da Polícia Militar do Estado. Em julho, o Governador promoveu várias mudanças nos comandos e afirmou que o objetivo foi dar novo fôlego ao trabalho.

 

iG Pernambuco

Notícias relacionadas