menu

Rio Grande do Norte

09/10/2014


Petrobras confirma envio de gasolina adicional para suprir escassez no RN

A Petrobras confirmou nesta quinta-feira (9) o envio de um carregamento adicional de gasolina para suprir a escassez do produto nos municípios do Rio Grande do Norte. Em nota enviada ao G1, a empresa estatal informou que foram entregues 2,6 milhões de litros de combustível às distribuidoras no município de Guamaré, onde funciona a refinaria Clara Camarão, polo produtor da gasolina fornecida no estado. A causa da escassez de combustível não foi revelada pela estatal.

De acordo com a Petrobras, a oferta adicional de gasolina está vindo dos polos de Cabedelo, na Paraíba, e de Ipojuca, em Pernambuco, conforme acertado com as distribuidoras. Nesta quarta-feira (8), o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom) já havia informado que a gasolina dos fornecedores da Paraíba e Pernambuco seria usada para suprir a demanda no Rio Grande do Norte.

O problema foi identificado em pelo menos duas cidades potiguares nesta quarta, quando filas de carros se formaram nos postos do município de Currais Novos, na região Seridó, e clientes encontraram dificuldade para encontrar gasolina comum nos estabelecimentos de Natal. A solução momentânea está sendo o uso de gasolina aditivada e etanol.

Já nesta quinta, duas ambulâncias ficaram sem abastecimento no posto do governo do Rio Grande do Norte por falta de combustível. O problema foi solucionado ainda durante a manhã. O posto está adotando desde quarta o racionamento de gasolina, priorizando o abastecimento de veículos vinculados às secretarias de Segurança, Educação e Saúde.

A informação dos revendedores é que a falta de um reagente nas distribuidoras dificultou o suprimento dos postos com gasolina, porém nada foi confirmado oficialmente pela Petrobras nem pelas distribuidoras.

A direção do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Rio Grande do Norte (Sindipostos-RN) disse, por meio da assessoria de comunicação, que de fato recebeu informações de revendedores atestando o problema de falta de combustível. No entanto, o sindicato afirma não ter qualquer gerência sobre a questão, que deve ser tratada, segundo o Sindipostos, por cada um dos revendedores individualmente.

O suprimento de combustível no município de Currais Novos, bem como nos demais municípios do Rio Grande do Norte, fica a cargo das distribuidoras locais, que usualmente adquirem seu produto no polo da Petrobras em Guamaré.

O fornecimento de gasolina no polo de Guamaré já está complementado com oferta adicional de produto a partir dos polos de Cabedelo, em Fortaleza, e de Ipojuca, conforme previsto na relação da Petrobras com as distribuidoras locais.

Nesta quinta-feira (09/10), foram entregues 2,6 milhões de litros de gasolina às companhias distribuidoras em Guamaré. Adicionalmente, visando o aumento da oferta local no polo de Guamaré, está prevista a chegada de um navio com gasolina dia 10 de outubro.

Notícias relacionadas