menu

Piauí

09/04/2019


Piauí tem 83 vagas em aberto do programa Mais Médicos

Somente no primeiro trimestre de ano, 40 profissionais deixaram o programa.

Entre vagas deixadas por médicos cooperados cubanos e os brasileiros, o programa Mais Médicos no Piauí contabiliza 83 vagas abertas, em 43 municípios.  Dessas, 43 eram de médicos cubanos. Os dados, consolidados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), apontam ainda que somente no primeiro trimestre do ano, 40 profissionais deixaram o programa.

O programa do Ministério da Saúde visa incentivar a fixação de profissionais médicos para Atenção Básica nos municípios. No Piauí, o programa cobre 132 municípios piauienses, com 354 vagas para a atuação tanto na zona urbana como rural. Somente com os médicos cooperados cubanos, o programa contemplava 100 municípios, com 199 vagas.

Após a saída daqueles profissionais, em novembro do ano passado, o Estado tem tido dificuldades em preencher as vagas. Os motivos são variados, como aponta a coordenadora do programa no Piauí, Idvani Braga. “A maioria das vagas deixadas são por médicos brasileiros, formados no Brasil que vão assumir outros empregos, por terem passado em residência médica ou por não quererem cumprir a carga horária, já que o programa exige que o profissional se dedique à Unidade Básica de Saúde”, explica a coordenadora.

Para aderir ao programa, o candidato deve atender aos critérios de contratação, aceitando todas as portarias. O cumprimento da carga horária de 32h de trabalho na Unidade Básica, incluindo visita às famílias em seus domicílios, além de mais 8h dedicadas a estudo e especialização, são alguns deles.

A Secretaria de Estado da Saúde aguarda o posicionamento do Ministério da Saúde em relação ao preenchimento dessas vagas para suprir as necessidades dos municípios: Dom Inocêncio, Luís Correia, Picos, Hugo Napoleão, Prata do Piauí, Capitão de Campos, Pio IX, Patos do PI, Esperantina, São Raimundo Nonato, Campo Maior, Pedro II, Monte Alegre do PI, Campo Largo do PI, São José do Divino, João Costa, Caracol, Parnaíba, Regeneração, Cajueiro da Praia, Boa Hora, José de Freitas, Novo Santo Antônio, Batalha, Cristalândia, Eliseu Martins, Matias Olímpio, Piripiri, Cocal, Inhuma, Sigefredo Pacheco, Água Branca, Avelino Lopes, Brasileira, Barras, Beneditinos, Marcolândia, Piracuruca, Palmeirais, São João do Arraial, União, São Pedro e Betânia.


Por Denise Nascimento /SECOM-PI

Notícias relacionadas