menu

Brasil

03/12/2013


PIB do Brasil sobe mais que países ricos e menos que gigantes emergentes

RESULTADO

Comparado a algumas das principais economias do mundo, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro teve crescimento expressivo no 3º trimestre de 2013 (ante igual período de 2012). Apesar disso, ficou bem abaixo de China e Índia, dois gigantes emergentes.

Enquanto o PIB do Brasil expandiu 2,2% no período, o da Alemanha cresceu apenas 0,3%, e o do Japão, 0,5%. As duas economias lutam para se recuperar da recente crise financeira que atingiu os países desenvolvidos.

Já os Estados Unidos deram um salto de 2,8% no trimestre, crescimento inesperado perante as previsões feitas por economistas, que projetavam alta em torno de 2%.

Índia e China, integrantes junto ao Brasil dos Brics, se destacaram com avanço de 7,8% e 5,3%, respectivamente. Com o crescimento da China, a segunda maior economia do mundo alcançou a riqueza de US$ 6,3 trilhões.

No mesmo período, o Brasil ficou à frente de outros emergentes de peso, como a Rússia, que cresceu 1,2% ante mesmo período de 2012, e África do Sul, que aumentou 0,7%

Na América Latina, o Brasil cresceu menos que a metade do Chile (4,7%), e metade que o Peru (4,4%). Mas teve um desempenho bem melhor que México (1,3%) e Venezuela (1,1%) em relação ao 3º trimestre de 2012.
 

iG Economia

Notícias relacionadas