menu

Bahia

11/07/2017


Placar da Bahia na CCJ deve ser 2 a 1 contra temer

Dos três membros titulares baianos na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, dois devem votar pela abertura do processo de investigação de Michel Temer (PMDB) pela denúncia da Procuradoria Geral da República, que acusa o peemedebista de corrupção passiva, com base na delação de Joesley Batista, executivo do grupo frigorífico JBS.

Os três baianos titulares da CCJ são Félix Mendonça Jr. (PDT), José Carlos Aleluia (DEM) e Jutahy Magalhães Jr. (PSDB). Com voto declarado de Félix pela investigação, a expectativa é de que apenas Aleluia vote pela absolvição de Michel Temer. O democrata faz mistério sobre seu voto.

"Não tem como a gente prever nada ainda. Hoje foi um dia de exercício auricular. Ainda não tenho meu voto formado. Isso aqui só deve ter um resultado lá para sexta-feira (14)", diz Aleluia. Apesar do mistério, ele disse que acredita na vitória de Temer. "O governo fez várias mudanças na composição da comissão. Aumentou as chances de ter o pedido rejeitado".

Filiado ao PSDB, partido que voltou a avaliar seu desembarque do governo, Jutahy Jr. dá expectativa de que vai votar pela admissibilidade do processo investigatório. Ele diz que seu voto será "pessoal e de consciência". "Nossa posição diante disso na CCJ nada tem a ver com sermos governo ou oposição. Tem a ver com seriedade e com respeito às instituições e ao povo brasileiro. Meu voto será um voto de consciência e de cunho pessoal", garante o tucano.

Apenas Félix Jr. da bancada de oposição, declara seu voto, que será pela admissibilidade da investigação. "Eu vou votar pela abertura das investigações".

Brasil247

Notícias relacionadas