menu

Rio Grande do Norte

22/03/2018


Plutão Já Foi Planeta inclui repertório novo no Lollapalooza

Escalada para abrir as atividades do Palco Axe no primeiro dia do festival Lollapalooza Brasil, que acontece em São Paulo entre os dias 23 e 25 de março, a banda potiguar Plutão Já Foi Planeta colhe os louros do bom trabalho que tem feito ao longo dos quase cinco anos de carreira da forma que mais gosta: com mais música. Nos últimos dias o grupo lançou nas plataformas digitais seu mais novo single, “Estrondo”, que chega ao público exatamente um ano após o lançamento do último disco, “A Última Palavra Feche a Porta”.

“Estrondo” será tocada ao vivo pela primeira vez nesta quinta-feira (22) em apresentação no Rio de Janeiro, quando os potiguares abrem o show da banda estadunidense Imagine Dragons – também escalada para o Lollapalooza. Segundo a vocalista Natália Noronha, que não vê a hora de subir ao palco para mostrar ao público a música nova, “Estrondo” tem repercutido bem entre os fãs. “Divulgamos a música faz poucos dias. O público ainda está conhecendo-a. Mas o feedback até agora tem sido ótimo”, diz a cantora, direto do Rio de Janeiro, onde o grupo gravou as cenas que vão compor o clipe da música.

O estrondo a que se refere a música é o da pororoca, provocado pelo encontro das águas fluviais com as oceânicas. Na letra composta por Natália, esse fenômeno da natureza se torna metáfora para falar de relacionamentos. Na sonoridade, o quinteto mantém a pegada indie pop que caiu no gosto do público Brasil afora, mas acrescida de referências da música latina, além de elementos de percussão. Nos beats e sintetizadores a banda contou com a participação da instrumentista Cris Botarelli, da conterrânea Far From Alaska.

Participação no Lollapalooza
Se apresentar num dos maiores festivais de música do mundo possivelmente era uma coisa impensável até para os músicos da Plutão Já Foi Planeta. Mas não faltou trabalho para o grupo buscar o seu espaço ao sol. Criada em 2013, a banda lançou seu primeiro disco, “Daqui pra lá”, no ano seguinte. Em 2016, ganham projeção nacional ao chegarem a final do programa SupeStar defendendo repertório autoral. A visibilidade atraiu o selo Slap, da Som Livre, que fecha contrato com a banda e lança em 2017 o álbum “A Última Palavra Feche a Porta”, com produção de Gustavo Ruiz (Tulipa Ruiz) e participações de Liniker e Maria Gadú.

“Sempre buscamos tocar em festivais legais e o Lollapalooza era um dos nossos objetivos”, diz Natália. “Como todo festival, o Lollapalooza reúne diferentes tipos de público. O que nos faz tocar para pessoas que possivelmente não conhecem a gente. É importante essa experiência. Estamos felizes com essa oportunidade e vamos expressar essa alegria no palco”.

Mas além de se apresentar, os potiguares vão aproveitar para assistir de perto alguns dos artistas que gostam. “Na banda a gente tem gostos bem diferentes. Eu, por exemplo, quero ver Rincon Sapiência e Oh Wonder. Tem o Red Hot Chili Peppers também, que não sou fã, mas é um clássico, é banda que o Gustavo e a Vitória mais querem ver. O show do Mano Brown é outro queremos ver também. O Sapulha já quer sacar outra coisa, o Royal Blood”, diz a vocalista.

Transmissão ao vivo
O Lollapalooza 2018 vai invadir mais uma vez as telas do Multishow e Canal Bis. Serão mais de 50 horas de transmissão ao vivo. No Multishow, Dedé Teicher, Rodrigo Pinto, Titi Muller e Guilherme Guedes comandam a cobertura dos dois principais palcos do evento com comentários e entrevistas. No Canal BIS, Laura Vicente e China trazem, também ao vivo, as atrações dos Palcos 3 e 4. A transmissões começam sempre às 13h30 e seguem até o final da noite.

Na TV aberta, o Lollapalooza será transmitido na Globo. NA sexta o evento vai ao ar depois da série Empire, no sábado, após o Zero1,  e no domingo, depois do Domingo Maior. Passam pelos quatro palcos do festival mais de 50 atrações, entre elas Red Hot Chili Peppers, Imagine Dragons, The Killers, Lana Del Rey, LCD Soundsystem, Liam Gallagher, Wiz Khalifa, Mano Brown, Mallu Magalhães, Alok.

Tribuna do Norte

Notícias relacionadas