menu

Política

24/07/2015


PMDB e governo já discutem substituto de Cunha. Miro Teixeira é opção

O comando do PMDB e o Palácio do Planalto já dão como certa a formulação da denúncia contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, o que pode culminar no seu afastamento do cargo. Por isso, já se discute quem poderá substituí-lo. A informação é do jornalista Fernando Rodrigues.

Caciques peemedebistas citam preliminarmente alguns nomes que poderiam agradar ao PMDB e ao Palácio do Planalto (não necessariamente nessa ordem): os deputados federais Lelo Coimbra (ES), Osmar Terra (RS) e Edinho Araújo (SP), este último atualmente ministro dos Portos. Mas ouve-se no Planalto e entre peemedebistas o nome de Miro Teixeira, ex-ministro de Lula e hoje filiado ao Pros, do Rio, como um dos nomes mais fortes.

Miro (que já foi filiado antes ao PMDB, PP, PDT, PPS e PT) tem 70 anos e foi eleito pela 11ª vez em 2014. É o deputado federal em atividade com mais mandato

Notícias relacionadas