menu

Brasil

15/01/2014


PMJP ampliará em 100% oferta de próteses dentárias para população

JOÃO PESSOA

A Prefeitura de João Pessoa irá ampliar a oferta de próteses dentárias para a população em 100%. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o número de próteses passará de aproximadamente 1600 para 3200 ao ano. A previsão é que o processo de chamamento público para a contratação de uma empresa para produção das peças seja publicado no início de março, pela Comissão Permanente de Licitação da SMS.

De acordo com Maria Betânia de Morais, coordenadora da área temática de Saúde Bucal da SMS, o chamamento irá avaliar e credenciar o fornecedor para a produção de próteses. “Vamos analisar a estrutura e a capacidade de cada laboratório. Temos que garantir que um serviço de qualidade seja oferecido à população”, destacou.

Cobertura
Segundo dados do Datasus, o município de João Pessoa se encontra, em 2013, em segundo lugar no ranking da cobertura em Saúde da Família. A colocação é referente à região Nordeste, onde a PMJP conquistou um percentual de 92,22. O Sistema Municipal de Saúde Bucal é organizado com serviços de Atenção Básica, Especializada e Hospitalar.

“Nós já contamos com um laboratório de prótese dentária, mas temos percebido que a demanda tem aumentado e nossa intenção é garantir uma oferta que supra esta demanda. Após um ou mais laboratórios serem cadastrados para a produção de próteses, acredito que a população possa contar com o dobro de próteses produzidas atualmente ao ano já no início do segundo semestre”, afirmou Maria Betânia de Morais.Inauguracao CEO_foto_dayse euzebio_003

Além das 180 equipes de Saúde da Família, com o objetivo de garantir a integralidade do cuidado em Saúde Bucal, a Rede de Serviços da Média Complexidade dispõe de quatro Centros de Especialidade Odontológicas (CEO), localizados nos bairros de Jaguaribe, Torre, Mangabeira e Cristo. Estes locais prestam assistência aos munícipes nas seguintes especialidades: odontopediatria, cirurgia bucomaxilofacial, endodontia, radiologia, periodontia, tratamento à pessoa com deficiência, serviços de diagnóstico bucal, realização de biópsias e prótese dentária. O CEO Torre também é referência para urgência 24 horas, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

Hospitais
A Rede Hospitalar participa da prestação de assistência odontológica por intermédio do Hospital Santa Isabel, onde se realiza assistência aos pacientes da Unidade de Terapia Intensiva. Também há atendimento no Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma), que conta, atualmente, com um corpo clínico formado por cirurgiões bucomaxilofacial. Estes realizam procedimentos cirúrgicos variados aos usuários com necessidade de sedação, assim como atendimento a pacientes com necessidades especiais e em situações de urgências. Por fim, a PMJP ainda dispõe do Instituto Cândida Vargas, que presta assistência odontológica a gestantes de alto risco.

A rede, através de uma parceria entre a SMS e a Universidade Federal da Paraíba, conta com o Hospital Universitário, que atende às demandas de cirurgia ortognática. “Desta forma, o acesso da população no âmbito hospitalar se dá de acordo com fluxos de encaminhamentos provenientes das Unidades Básicas de Saúde, dos CEOs e da livre demanda”, explica Betânia.

Assessoria

Notícias relacionadas