menu

Ceará

05/02/2019


PMs suspeitos de agredir e chicotear mulher são afastados das ruas

Vítima afirmou que as agressões duraram cerca de 30 minutos. Agentes vão responder por um processo administrativo disciplinar e um inquérito policial militar.

Três policiais militares envolvidos na agressão de uma mulher a chicotadas, no último domingo (3), no Bairro Lagamar, em Fortaleza, estão afastados do trabalho nas ruas. Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Militar do Ceará, os PMs irão trabalhar na parte administrativa do órgão.

Uma pessoa que não quer se identificar filmou a agressão e enviou a imagem ao G1. Conforme testemunhas, uma festa de pré-carnaval era realizada no local, quando a PM chegou. Dois militares aparecem nas imagens, e um deles agride a jovem com um chicote, segundo uma das garotas agredidas.

A vítima afirmou que foi forçada a ficar de joelho ao lado do marido enquanto sofria golpes de chicote. Ela disse ainda que apanhou por cerca de meia hora e foi xingada de “vagabunda”.

Além disso, os agentes de segurança pública irão responder por um processo administrativo disciplinar e um inquérito policial militar, além de outro processo corrente na Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD).

Dois policiais militares aparecem em um vídeo, um dos quais chicoteando e agredindo uma mulher com socos, durante abordagem. De acordo com a vítima, estava acontecendo uma festa de pré-carnaval no local, e o carro em que estava foi parado pelos agentes de segurança após abastecer em um posto de gasolina.

“Mandaram ficar de joelhos e começaram a chamar de vagabunda. Puxaram meu cabelo e disseram que eu não prestava para nada. Nem nessa festa eu estava, estava passando”, disse.


Por G1 CE

Notícias relacionadas