menu

Bahia

21/01/2016


Polícia baiana vai indiciar pais de menores que cometerem delitos

O governador Rui Costa (PT) pediu a prefeitos e representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), empenho no sentido de estimular uma geração mais criativa, ao falar sobre a construção de creches, em encontro realizado em Salvador.

“Mesmo não sendo de responsabilidade direta do governo [a construção das creches], eu tenho o pleno convencimento de que, ou você cuida de toda a educação, ou não adianta cuidar de partes, pois o conhecimento é acumulativo. É fundamento estimular e valorizar a a educação a partir das creches e ensino infantil. Não vou fechar os olhos para educação. O resultado não vai aparecer em um ou dois anos. Precisamos plantar um novo modelo na sociedade, capaz de produzir riqueza e igualdade”, frisou.

O governador voltou a destacar o papel da família na construção educacional e, principalmente, no combate à violência e à criminalidade. “Os pais precisam interferir diretamente”, disse.

Rui também afirmou que a polícia baiana está autorizada a indiciar pais ou responsáveis por crianças ou adolescentes acusados de cometerem algum tipo de delito.

O chefe do Executivo citou uma ligação que recebeu do secretário de Segurança Pública, Mauricio Barbosa, falando da apreensão de um garoto de 14 anos portando uma metralhadora. “Falei com ele para indiciar o pai, a mãe ou responsável por essa criança ou adolescente. São crianças que levam dinheiro para casa. De onde vem esse dinheiro? O responsável é tão ou mais responsável do que aquela criança”, comentou.

Tribuna da Bahia

Notícias relacionadas