menu

Brasil

06/05/2014


Polícia prende homem suspeito de atirar vaso sanitário que matou torcedor

Violência

A polícia de Pernambuco prendeu ontem (5) Everton Felipe Santiago de Santana, de 23 anos, suspeito de ter jogado o vaso sanitário que matou, na última sexta-feira (2), o torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva, de 26 anos. O crime ocorreu após jogo entre o Santa Cruz e o Paraná, válido pelo Campeonato Brasileiro da Série B.

De acordo com a polícia, Santana confessou e revelou que outras duas pessoas participaram do crime. Neste momento, ele é ouvido pela delegada Gleide Angelo, responsável pelas investigações.

O torcedor Paulo Ricardo morreu depois de ter sido atingido por um vaso sanitário quando passava próximo ao Portão Seis do Estádio do Arruda, destinado à torcida visitante. Outras três pessoas ficaram feridas no episódio.

No sábado (3), a Confederação Brasileira de Futebol interditou o Estádio do Arruda, no Recife. No domingo (4), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva decidiu que o Santa Cruz jogará as duas próximas partidas com os portões fechados. O clube anunciou que vai recorrer da decisão.

Pelo Twitter, a presidenta Dilma Rousseff defendeu no domingo a instalação de delegacias especializadas nos estádios de futebol. A presidenta disse que a violência nos estádios precisa ser coibida pela polícia local.

(Agência Brasil)

Notícias relacionadas