menu

Rio Grande do Norte

09/01/2017


Policial suspeito de facilitar fuga em presídio do RN é afastado

A Polícia Militar afastou o PM suspeito de atuar na facilitação de fuga de 15 presos da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na manhã do sábado (7). Um dos detentos que foi recapturado informou que o policial, que atua como guariteiro da unidade, recebeu R$ 30 mil para facilitar a fuga dos detentos por um túnel.

A Companhia de Guarda fez o afastamento, inicialmente, pelo prazo de 40 dias, prorrogáveis por mais 20 dias. O tempo é o estimado para o fim do processo administrativo que investigará a conduta do policial e sua possível expulsão da corporação, caso seja confirmado o crime. Além da PM, a Polícia Civil também está atuando na investigação para identificar outros possíveis envolvidos.

Além do PM que está sendo investigado por essa fuga, o agente penitenciário que teria atuado para facilitar a saída de presos do CDP do Potengi, está afastado. De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania, Wallber Virgolino, o funcionário já está em processo de demissão.

Confira depoimento de preso:


ReproduçãoConfira o interrogatório do detentoConfira o interrogatório do detento
 
Tribuna do Norte

Notícias relacionadas