menu

Brasil

11/12/2014


Políticos lamentam morte de Agra e destacam postura e trabalho por JP

Paraíba

Vários políticos já se manifestaram sobre a morte do ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PEN), que faleceu ontem no Hospital Memorial São Francisco, às 22h15, em decorrência de um AVC hemorrágico. Dentre as caraterísticas destacadas por aliados e adversários, o amor e a dedicação a cidade de João Pessoa.
O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), foi um dos primeiros a se manifestar nas redes sociais e relatou que Agra sempre mereceu a mais profunda admiração de todos que estiveram ao seu lado e que como urbanista soube dar a João Pessoa a atenção e dedicação merecida.
O senador Cássio Cunha Lima lembrou que o ex-prefeito, além de de sua exitosa gestão a frente da Prefeitura da Capital, ele contribuiu com diversas administrações com sua experiência como arquiteto e urbanista.
O vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, ressaltou a luta de Luciano pela vida. Ele sofria com uma doença grave no fígado e era o primeiro da fila de transplante e aguardava ansiosamente pelo chamado dos médicos para realizar o procedimento. Bandeira também destacou o amor de Agra pela cidade de João Pessoa e revelou que um de seu hábitos era admirar a Capital da varanda do seu apartamento em Manaíra.
O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB), lembrou que conviveu com Luciano nos últimos meses da campanha e revelou que se surpreendeu com a força e as ideias do ex-gestor. "Por trás daquela aparência pacata, um homem forte, cheio de ideias que conquistou meu respeito e admiração".
O deputado federal e ex-ministro, Aguinaldo Ribeiro (PP), destacou a simplicidade e o bom humor de Luciano Agra.
O senador Vital do Rego Filho também lamentou a morte de Agra e enviou condolências aos familiares e amigos.
Já o deputado Anísio Maia, disse que "esta foi uma grande perca para a política paraibana. Agra era um homem sério, técnico e uma pessoa muito simples."
O ex-senador paraibano Wilson Santiago, ressaltou a grandeza humana de Luciano Agra que, segundo ele, saltava de sua própria simplicidade, e ganhava os espaços mais amplos e privilegiados da inteligência da Paraíba. "Muito antes de ingressar na atividade política, projetara seu futuro profissional como incansável mestre do desenho arquitetônico e urbanístico da Capital paraibana, fazendo da prancheta discreto e valioso instrumento de trabalho, o que lhe permitiu inserir-se, despretensiosamente, na galeria dos mais respeitados homens públicos de seu tempo."
 

(Da Redação do WSCOM)

Notícias relacionadas