menu

Brasil

04/03/2016


Políticos se manifestam sobre coerção à Lula: “direitos ignorados”

Lava Jato

Durante a manhã desta sexta-feira(24), vários líderes políticos se manifestaram sobre a Operação Aletheia, 24ª fase da Lava Jato, que cumpriu ordem judicial do Juiz Sérgio Moro. O mandado de condução coercitiva ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem gerado diversas negativas ao que tem sido tratado como "golpe ao Estado de Direito".

O governador do Estado da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse à Revista NORDESTE que se extrapolou "definitivamente" os limites do bom senso. "Acho que se extrapolou, definitivamente, os limites do bom senso e da apoliticidade que deve conduzir um processo como esse. Ontem, um ex-presidente, com endereço fixo, se colocava à disposição da justiça para depor. Hoje, um verdadeiro aparato policial foi montado para "conduzir coercitivamente" esse ex-presidente para depor sob a mira da grande mídia que comanda e tenta de todas as formas ressuscitar protestos contra um governo", afirmou.

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) postou um vídeo em sua página no Facebook condenando a ação da Operação Aletheia, 24ª fase da Lava Jato. "Estou indignado. Não há motivo para esta condução coercitiva. Eles podiam chamar o Lula para depor, para prestar esclarecimento. Mas não. Eles querem a foto, dizer: 'nós prendemos o Lula'. E eles fazem isso porque o Lula é o maior líder popular brasileiro", disse.

 

 

 

MAIS UMA AÇÃO ABSURDA PARA CALIBRAR O GOLPE DA DIREITA#LulaEstamosComVocê

Publicado por Lindbergh Farias em Sexta, 4 de março de 2016

 

 

Por meio de nota, o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto também o declarou-se "perplexo e indignado" com a condução coercitiva. "O presidente Lula já prestou depoimento e sempre se colocou à disposição das autoridades. Isso não é justiça, isso é uma violência. Rossetto disse ainda que a ação é um claro ataque ao que Lula representa, como uma liderança política e social", afirmou o ministro.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, também publicou um vídeo em que classifica a operação da Polícia Federal contra o ex-presidente Lula e sua família de "espetáculo midiático". "Não podemos aceitar essa operação midiática e policialesca. Trata-se de um espetáculo político que deixa claro qual é o verdadeiro viés dessa operação", diz o dirigente petista. "A luta continua, companheiros", completa

 

 

 

Lula: Rui Falcão conclama a militância

Rui Falcão conclama a militância e fala de detenção "policialesca" de Lula. Assista e compartilhe!www.pt.org.br

Publicado por Partido dos Trabalhadores em Sexta, 4 de março de 2016

 

 

Mais cedo, a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) foi a primeira a denunciar um golpe e um estado de exceção no País, após a decisão do juiz Sergio Moro. "Mais um passo na consolidação do estado de exceção. Sem provas, Polícia Federal amanhece com mais uma operação, desta vez o alvo é o ex presidente Lula. O maior líder popular que o Brasil já teve. O presidente que tirou o país do mapa da fome. Nossa indignação não será silenciosa. Vamos às ruas defender o estado democrático de direito. Contra as arbitrariedades. Golpe não!!!!!". Assista:

 

 

 

Mais um passo na consolidação do estado de exceção. Sem provas, Polícia Federal amanhece com mais uma operação, desta vez o alvo é o ex presidente Lula. O maior líder popular que o Brasil já teve. O presidente que tirou o país do mapa da fome. Nossa indignação não será silenciosa. Vamos às ruas defender o estado democrático de direito. Contra as arbitrariedades. Golpe não!!!!!#MexeuComLulaMexeuComigo#FechadaComLula

Publicado por Jandira Feghali em Sexta, 4 de março de 2016

 

"Hoje é um dos dias mais revoltantes da minha vida. Nós temos ue ter firmeza, o Brasil é grande, a democracia foi conquistada com a nossa luta, com o nosso suor e com o nosso sangue. É preciso defender com unhas e dentes a nossa Democracia. Golpe nunca mais!" Deputado Orlando Silva, do PC do B.
 

 

"Hoje é um dos dias mais revoltantes da minha vida. Nós temos ue ter firmeza, o Brasil é grande, a democracia foi conquistada com a nossa luta, com o nosso suor e com o nosso sangue. É preciso defender com unhas e dentes a nossa Democracia. Golpe nunca mais!" Deputado Orlando Silva, do PC do B.#nãovaitergolpe#golpistasnãopassarão#jornalistaslivres

Publicado por Jornalistas Livres em Sexta, 4 de março de 2016

Notícias relacionadas