menu

Pernambuco

19/03/2015


Praia em Fernando de Noronha é interditada por poluição

Pela primeira vez na história do Arquipélago de Noronha, uma praia local é interditada por poluição ambiental. Pelo menos até a próxima sexta-feira a Praia do Cachorro estará fechada para os frequentadores por conta do despejo irregular de um esgoto da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) na área.
A medida, temporária, foi tomada pela Administração da Ilha, atendendo a denúncia da jornalista Ana Clara Marinho. Após uma reunião de emergência, técnicos das vigilâncias Ambiental, em Saúde e da Coordenadoria de Meio Ambiente foram enviadaos ao local e isolaram a área, uma vez que o contato com a água do mar deve ser evitado.

Pela irregularidade, a Compesa será notificada e multada. De acordo com o Instituto Chico Mendes-ICMBIO, responsável pela Área de Proteção Ambiental-APA (região que abrange a Praia do Cachorro), a companhia seria reincidente no crime ambiental na mesma praia e, por este motivo, aliado à falta de Licença Ambiental para operação, também teria sido multada pelo ICMBIO.
De acordo com a Compesa, técnicos responsáveis para manutenção da Estação Tratamento do Sítio Histórico foram enviados à ilha para realizar um trabalho de manutenção do sistema de esgotamento.

Notícias relacionadas