menu

Paraíba

22/09/2015


Prefeita envia projeto pedindo suspensão do próprio salário

A prefeita de Conde, Tatiana Correa (PTdoB), anunciou, durante desfile cívico na cidade, neste domingo (20), que enviará um Projeto de Lei para a Câmara Municipal propondo suspensão dos salários dos secretários, vice e prefeito, durante os próximos três meses.

A gestora, em pouco mais de dois anos e meio, desenvolveu mais de 500 obras e ações no município, localizado no Litoral Sul da Paraíba e, segundo ela, essa nova iniciativa visa uma contenção de despesas da administração em razão da atual conjuntura econômica do país.

Na atual situação é importante que também tomemos algumas medidas para que possamos continuar administrando nossa cidade dentro de uma possível normalidade”, frisou a gestora.

Atualmente, a gestão de Tatiana tem o apoio de nove dos 11 vereadores da Câmara Municipal de Conde.

O presidente da Casa Legislativa, Luzimar Nunes (PSD), esteve ao lado de Tatiana no camarote oficial durante o evento cívico e mencionou que a Câmara, que tem sido parceira da atual gestão, analisará mais esse projeto vindo do Executivo. “Apreciaremos, com certeza, esta tomada de decisão do Executivo”, afirmou.

O calendário do desfile anual que celebra a Independência do Brasil foi alterado este ano por impossibilidade da prefeita que faz questão de prestigiar ao evento.

Neste ano, o evento foi aberto pela Banda de Música do Núcleo de Cultura de Conde, regida pelo maestro Alfonso Silveira. Em seguida, cerca de três mil pessoas das 29 unidades de ensino municipais, entre creches e escolas estaduais, maçonaria, bombeiros, exército, escoteiros, associação da melhor idade, secretaria de Ação Social, Saúde e a Guarda Municipal desfilaram pela rua Nossa Senhora da Conceição ressaltando, entre outros, os direitos à saúde, educação, moradia, segurança, bem como os deveres de estudar, respeitar, obedecer e agradecer.

Para a secretária da Educação, Aline Ramalho, o trabalho de conscientização desenvolvido para esse evento é de grande relevância. “Este é um trabalho de equipe, no qual é ensinado o respeito ao próximo. Porque a civilidade é muito importante para a nossa comunidade e sociedade de maneira geral”, salientou.

A secretária executiva da Educação, América Castro, reiterou que a preparação do evento é algo muito importante para o alunado que aprende sobre o respeito que se deve ter com a pátria. “Toda preparação gira em torno da luta que foi travada para que o nosso país conquistasse sua independência e de lições para a vida toda”, destacou.

WSCOM Online

Notícias relacionadas