menu

Política

06/01/2016


Preso e Pinhais, Dirceu lê memórias de FHC e justifica: “Eles podem voltar”

Preso no CMP (Complexo Médico Penal), em Pinhais (PR), pela Lava Jato, o ex-ministro José Dirceu, passou o período do final do ano lendo o livro de memórias lançado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, "Diários da Presidência".

Questionado sobre a escolha, por amigos e familiares que o visitaram, ele respondeu: "Eles podem voltar a governar o país. Precisamos saber como pensam", segundo reportagem de Mariana Dias e Bela Megale, da ‘Folha de S. Paulo’.

Em seu primeiro artigo do ano, FHC reafirmou que o golpismo continuará ativo e operante nos próximos meses; "Comecemos 2016 com ânimo, imaginando que pelo melhor meio disponível (renúncia, retomada da liderança presidencial em novas bases ou, sendo inevitável, impeachment ou nulidade das eleições) encontraremos os caminhos da convergência nacional", afirmou. Ele disse ainda que a supremacia petista chegou ao fim. "Sem o charme do populismo mais vigoroso e com o Tesouro vazio, como manter a 'hegemonia' do PT? Impossível"

Brasil 247

Notícias relacionadas