menu

Rio Grande do Norte

19/02/2016


Professores de Natal deflagram greve na próxima segunda

Os professores do município de Natal deflagraram nesta sexta-feira (19) a greve da categoria, que passa a valer já a partir da próxima segunda (22). Dentre as reivindicações da categoria, estão a apresentação do calendário de pagamento da reposição salarial, correção do piso salarial, além de rediscutir o reordenamento da rede de ensino.


CedidaGreve foi deflagrada nesta sexta; pauta da categoria cita acordos não cumpridos por parte da PrefeituraGreve foi deflagrada nesta sexta; pauta da categoria cita acordos não cumpridos por parte da Prefeitura


A paralisação da categoria acontece apenas uma semana após o início do ano letivo em 2016. A categoria defende que houve quebra de um acordo firmado em 2013 entre os professores e o Executivo, referentes a reposição salarial, cujas parcelas não foram foram cumpridas em junho e novembro de 2015.

"2015 foi um ano de muita tolerância. Negociamos com a prefeitura, mas houveram quebras de acordo. Os profissionais têm uma perda que varia de 10% a 50% todo mês. O tempo de tolerância já passou e esperamos que a sociedade compreenda nossa posição", afirmou Fátima Cardoso, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinte-RN), durante a assembleia da última segunda-feira (15), quando foi aprovado o indicativo de greve.

 

Notícias relacionadas