menu

Paraíba

13/01/2016


Projeto de Greenpeace destaca programa de energia solar na Paraíba

sustentabilidade

O web-documentário Sol de Norte a Sul é um projeto do Greenpeace Brasil que explora os benefícios sociais, econômicos e ambientais da energia solar através de histórias pessoais. Muitas vidas foram transformadas pela energia solar. Um dos destaques do projeto é um programa da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) da Paraíba, que tem a frente, a executiva Emília Correia Lima.

“Há tempos vemos o óbvio: estamos no Nordeste, há muito sol e as contas de luz são altas”. Foi a partir dessa percepção que Emília Correia Lima, presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular da Paraíba (Cehap), batalhou para conseguir instalar painéis solares nas moradias populares de um dos conjuntos habitacionais.
Se o processo foi demorado para conseguir vencer a falta de informação sobre a energia solar fotovoltaica e provar que ela é viável, a compreensão dos benefícios, ao contrário, aconteceu rapidamente. A média de economia nas contas de luz foi de 60%.

No documentário, além do caso da Paraíba, história de pessoas da Escola Roberto Schutz, no Assentamento Maria da Paz, em uma comunidade da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e em um condomínio do Minha Casa, Minha Vida em Juazeiros, são exemplos de como o uso da energia solar pode impactar positivamente a vida das pessoas.

VEJA MAIS SOBRE O PROJETO

Projeto premiado

O Governo do Estado, por meio da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), recebeu o Prêmio Selo de Mérito 2015.

A premiação foi conquistada pelos projetos Energia Solar Fotovoltaica e Cidade Madura, que venceram nas categorias “Projetos de Impacto Regional” e “Projetos Focados no Atendimento de Grupos Específicos”, respectivamente. A Paraíba concorreu com mais de 20 projetos inscritos em todo o País. A premiação será concedida pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação (ABC) e pelo Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano (FNSHDU).

Notícias relacionadas