menu

Paraíba

10/11/2017


PSDB-PB condena atitude de Aécio e reage a Temer

Prestes a ser reconduzido à presidência do PSDB na Paraíba, Ruy Carneiro condenou na manhã desta sexta-feira (10) as tentativas do senador Aécio Neves de interferir na eleição do novo diretório nacional do partido, com claro apoio do governo Michel Temer. Numa manobra surpreendente e que gerou indignação, Aécio destituiu o presidente interino da legenda, o senador Tasso Jereissati (CE), que é forte candidato ao posto na convenção marcada para o dia 9 de dezembro, para nomear o ex-governador Alberto Goldman, de São Paulo. Tasso vem defendendo o afastamento do PSDB do governo, ao contrário de Aécio. Ele disputa à presidência da agremiação contra o governador de Goiás, Marconi Perillo, que é a favor Temer.

“Vamos votar em peso na candidatura do senador Tasso porque é quem representa o PSDB verdadeiramente comprometido com as bandeiras éticas e as transformações que o Brasil precisa para retomar sua agenda de crescimento e desenvolvimento econômico”, disse Ruy, que neste sábado (11), durante convenção estadual, será reeleito para a presidência do partido na Paraíba. “Faz tempo que Aécio Neves já não nos representa e que a presença do PSDB no governo perdeu o sentido. O partido foi em função de seu compromisso com o país e com a estabilidade econômica e política. Mas agora extrapola todos os limites”, ressalta.

Para Ruy Carneiro, o momento é de buscar a unidade interna e de defender um projeto de recuperação do Brasil. “Vamos à luta para manter o PSDB no caminho correto. Por isso, lamento qualquer tentativa de interferência deste governo inteiramente desconectado dos interesses da população. É preciso deixar imediatamente o ministério e renovar a direção nacional”, salientou.

WSCOM

Notícias relacionadas