menu

Piauí

11/05/2016


“PT fará 180 dias de oposição”, diz senadora Regina Sousa

A senadora Regina Sousa (PT) garantiu que no caso de afastamento da presidente Dilma Rousseff, o Partido dos Trabalhadores terá "180 dias de oposição". E ela garante que a postura não será de "bonzinhos".

"Não podemos participar disto que estão chamando de pacto. Serão 180 dias de oposição. E não seremos bonzinhos, ninguém foi bonzinho com a gente", afirmou, levando em consideração que o processo envolve o impedimento de uma presidente que foi eleita pelo voto direto.

Em entrevista à TV Meio Norte, ela confirmou a expectativa do partido que no processo de julgamento da presidente, pelo menos 10 senadores possam mudar de ideia em relação aos supostos crimes cometidos pela presidente. "Temos pelo menos dez senadores que querem mais debates, não estão ainda convencidos da existência de crime. O processo dará condições de ouvir mais gente, enriquecer o debate".

Ela respondeu ainda o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que disse que o afastamento de Dilma enfraqueceria o movimento nas ruas em favor da presidente. "Tem enfraquecimento do lado deles, não vimos mais os amarelinhos nas ruas. Disseram que iam combater a corrupção, e o que a gente viu não foi isso, até porque tinha muito corrupto nestas carreatas. O próprio líder do MBL [Movimento Brasil Livre] tem processo nas costas", rebateu Regina.

180 Graus

Notícias relacionadas