menu

Pernambuco

20/12/2018


IPVA tem redução média de 3,18% em PE, diz governo

Datas de pagamento do imposto para os veículos de Pernambuco foram divulgadas pela Secretaria da Fazenda do estado nesta quinta-feira (20).

O valor do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) tem uma redução média de 3,18% em 2019, em comparação ao ano de 2018. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (20) pela Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE).

Os contribuintes que desejam pagar em cota única, em fevereiro, têm um desconto de 7% no valor. Os proprietários que optam por parcelar em até três vezes pagam a primeira parcela em fevereiro, quitando o imposto nos meses subsequentes. As datas de vencimento variam de acordo com a placa de cada veículo.

Segundo o órgão, os valores são calculados conforme a variação de preços de mercado estipulada pela Fundação Instituto de Pesquisas Aplicáveis (Fipe). Seguindo esse modelo, o imposto dos automóveis teve uma queda de 3,11%, enquanto o dos caminhões sofreu uma queda de 4,57%. Confira na tabela:

Variação do valor venal dos veículos

Grupo Descrição Número de veículos da frota em PE Variação do Valor Venal
A Automóveis 1.082.083 -3,11%
B Camionetas e utilitários 243.989 -3,22%
C Caminhões 76.175 -4,57%
D Ônibus/micro-ônibus 32.232 -3,69%
E Motos e similares 1.092.290 -3,14%
F Motor-casa 45 -3,67%
Total – 2.526.814 -3,18%

Fonte: Secretaria da Fazenda de Pernambuco

Os carnês de pagamento devem ser enviados pelo Departamento de Trânsito de Pernambuco a partir do dia 20 de janeiro de 2019. O site do órgão, no entanto, já disponibiliza as informações.

Como calcular
O contribuinte deve calcular o valor do imposto usando a fórmula: valor venal do veículo x 0,0a, onde “a” é a alíquota. Por exemplo, se o valor venal do carro for R$ 20.050 e a alíquota for 4%, o valor do tributo é o resultado do cálculo 20.050 x 0,04, que é igual a R$ 802.

Para veículo novo, o valor venal será o constante na nota fiscal ou no documento que represente a transmissão de propriedade. Já para veículo usado, o valor venal estará constante em tabela anualmente elaborada pela Secretaria da Fazenda com base nos preços médios de mercado.


Por G1/PE

Notícias relacionadas