menu

Brasil

27/01/2014


Recife ganhará 21 novas escolas de referência até 2016

Pernambuco

A Prefeitura do Recife construirá 21 novas escolas para o ensino fundamental II (6º a 9º ano) até 2016, inaugurando um novo padrão de referência na infraestrutura das unidades de ensino que integram a rede municipal. O prefeito Geraldo Julio lançou, nesta segunda-feira (27), o plano de construção, que também marcará a universalização do ensino integral para 14 mil estudantes, um compromisso previsto no programa de governo da atual gestão. Cada nova unidade receberá investimentos de R$ 6 milhões e será equipada com 12 salas de aula, laboratórios de ciências e informática, cozinha, refeitório e quadra poliesportiva, todos com acessibilidade.

O prefeito autorizou o início das obras das três primeiras unidades, que serão erguidas na Avenida do Forte (RPA 4), Caçote e Jiquiá (ambas na RPA 5) – elas ficarão prontas em 18 meses. Ainda no primeiro semestre de 2014, a PCR lançará a licitação para a construção de outros seis equipamentos do tipo. O novo modelo foi lançado para oferecer o melhor em infraestrutura para o desenvolvimento das atividades pedagógicas na rede municipal.

Geraldo Julio cravou que o plano representará um "choque de qualidade" na educação do Recife. "As escolas de referência vão oferecer vários equipamentos ao corpo docente para que eles possam garantir a qualidade no aprendizado dos nossos alunos. Esse é mais um passo importante para transformar a educação no Recife. Hoje começamos a reescrever a história da educação a partir de um compromisso que foi firmado com a população. É, sem dúvida, um salto no aprendizado, para que nossas crianças possam no futuro escolher a sua profissão e competir de igual para igual com os alunos da rede privada", pontuou.

Dois tipos de projetos para as 21 novas escolas estão previstos no plano. No primeiro deles, o terreno deve ter 5.100 m² e área construída de cerca de 2.500 m². No segundo, a área total terá 3.700 m² e a construção ocupará 1.980 m². Atualmente, a rede municipal de ensino do Recife conta com 34 escolas com turmas de 6º a 9º ano. Desse número, com o anúncio de hoje, 21 ganharão novas sedes e as outras 13 instituições serão reformadas para serem enquadradas no padrão de referência. As unidades contarão também com salas temáticas para disciplinas e área de convivência.

O secretário de Educação do Recife, Valmar Corrêa, explicou que a iniciativa foi estruturada com base no atual cenário da rede que atende o ensino fundamental II. "Os alunos terão um aprendizado diferente, com um equipamento de qualidade e estarão ainda mais motivados a comparecerem a escola. Nesse sentido, continuaremos trabalhando com dedicação para mudar a qualidade do ensino em toda a rede municipal", reiterou.

AÇÕES – Depois de detalhar o plano, o prefeito do Recife citou outras ações executadas pela PCR para melhorar o aprendizado na rede municipal de ensino, como a nomeação de mais de 500 professores ainda no primeiro ano de governo e a distribuição de 14 mil tablets. "Estamos inovando a educação do Recife. Nosso compromisso é garantir oportunidade às nossas crianças com equipamentos de qualidade. O time da Prefeitura seguirá com dedicação para mudar a aprendizagem em nossa cidade", destacou Geraldo Julio. 

Notícias relacionadas